Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Feira Nova, Sergipe - Genealogia

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil Gotoarrow.png Sergipe Gotoarrow.png Feira Nova

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)


Sergipe Municip Feira Nova.svg.png

Localização: Mesorregião Sertão Sergipano
                   Microrregião Sergipana do Sertão do São Francisco
Área:  188,012 km²
Distância da Capital: 104Km

Datas
[editar | editar código-fonte]

(Inclua datas históricas relacionadas ao município, como data de fundação, emancipação política, etc.)

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Feira Nova, em 18 de outubro de 1963, desmembrado do município de Nossa Senhora das Dores e Cumbe.

Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

(Inclua antigos nomes que o município tenha tido.)

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

Localidades
[editar | editar código-fonte]

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)

História
[editar | editar código-fonte]

(Inclua um breve resumo histórico sobre o município, destacando os fatos que se relacionem ou que facilitem de alguma forma a pesquisa genealógica na localidade.)

A Feira continua Nova apesar de sexagenária. Comerciante fundou feirinha no povoado para evitar que moradores fossem atacados pelo bando de Lampião A cidade de Feira Nova, distante 104 quilômetros da capital, nasceu de uma feira de trocas de animais criada por comerciantes na década de 30. O objetivo era evitar que os habitantes saíssem para fazer suas compras em cidades vizinhas e fossem atacados pelo bando de Lampião, o cangaceiro mais temido do sertão. A denominação marcou tanto que foi mantida após a emancipação do município, ocorrida em 1963. O povoado surgiu de uma fazenda chamada Logrador (Logradouro). Parte das terras, a maioria pertencente a Domingos Dias de Souza (Domingo Bolachão), foi adquirida por José Alves de Queiroz (Fifio), que passou a habitar no pequeno povoado onde já residia José Lino de Souza, um comerciante de peles de animais. Fifio teve a idéia, junto com José Lino de Souza, de montar uma bodega e transformar parte daquele ambiente em um pequeno centro de troca e venda de gado e couro. Na época, os moradores da redondeza faziam as compras nas feiras das cidades vizinhas, Nossa Senhora da Glória e Nossa Senhora das Dores. Eles viviam aterrorizados com as histórias de atrocidades praticadas pelo bando do cangaceiro Lampião, que rondava a região e tomava as mercadorias dos feirantes. Por causa disso, com a colaboração de comerciantes destemidos de Glória e Dores, a feira livre foi implantada no próprio povoado.

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições
[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as unidades cartoriais do município, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Cartório do Ofício Único

Avenida Elenízio Dantas de Souza, 137 Centro

Cep: 49670-000

Fone: (79) 3313-1110

Email: iralizar@ig.com.br

Cemitérios
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Centros de História da Família
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Locais de Registros Religiosos
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as igrejas e outras instituições ligadas a estas, como dioceses, arquidioceses e escritórios, existentes no municípios, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Paróquia Nossa Senhora das Graças

Praça da Matriz, s/n Centro

Cep: 49670-000

Outros Locais e Instituições
[editar | editar código-fonte]

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa
[editar | editar código-fonte]

(Inclua outros recursos que possam ser utilizados para pesquisa específica no município, como comunidades online, páginas pessoais, etc.)

Bibliografias
[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências
[editar | editar código-fonte]

https://pt.wikipedia.org/wiki/Feira_Nova_(Sergipe)
http://cod.ibge.gov.br/4R0